23 de dezembro de 2013

Nazaré das Nazarenas


Sempre que uma Nazarena passava por mim, eu ficava a olhar fixamente. Eu não suporto que me façam isso e estava eu a fazer o mesmo às Nazarenas. A forma de se vestirem é tão própria, tão típica, tem tanta força e tradição que só podia ficar embasbacada a olhar para elas. Visitámos uma Nazaré enevoada e com uma chuvinha irritante. No entanto, não foi isso que lhe tirou o encanto. Sabemos que no Verão, a Nazaré fica abarrotada devido à sua localização costeira. Mas é também a altura do ano em que fica mais luminosa.

Actualmente ouve-se falar muito da Nazaré por ser um dos destinos preferidos de grandes surfistas. As ondas da Praia do Norte impõem realmente respeito. Por sua vez, a Praia da Nazaré serve bem para pessoas como nós que a coisa mais hardcore que fazem é saltar umas ondas ou tapar o nariz para entrar numa delas. Adorei o Sítio da Nazaré, dá-nos uma vista panorâmica sobre a cidade e o mar que a banha. Só foi pena o elevador que nos leva até ao cimo do Sítio estar avariado, por isso, fomos de carro. Quero voltar a Nazaré, com o céu limpo, com mais calor e com mais movimento! Clica aqui para saberes o que visitar na Nazaré.

Neste dia visitámos Óbidos, depois fomos para Nazaré, pernoitámos lá, mas antes da noite cair conseguimos dar um pulo a São Martinho do Porto - fica atento à próxima paragem desta Road Trip! Ah e depois das imagens que se seguem, fica a dica de onde ficar na Nazaré.


ONDE FICAR | HOTEL ADEGA OCEANO

O Hotel Adega Oceano fica muito bem localizado, mesmo em frente à praia, e pagámos 25€ por noite com pequeno-almoço incluído. Se fosse no Verão seria mais caro. Vê-se que o hotel foi remodelado e modernizado, o quarto era bastante confortável e a casa-de-banho toda xpto. Era tão xpto que não sabíamos como rodar a torneira...pensámos que estava estragada e chamámos alguém do hotel para ver o que se passava. O rapaz foi rápido e simpático mostrando-nos que não se rodava a torneira mas sim que se puxava - garanto que a minha cara de espanto foi extraordinária!


Tínhamos varanda que dava para ver um pouquinho da praia e do mar (imagem de cima). No entanto, não dava para ter a janela aberta porque vinha muito cheiro a marisco e peixe a ser cozinhado. É que o hotel tem um restaurante, que fica no R/C, e possivelmente era daí que vinha o cheiro intenso libertado por um exaustor. É nesse restaurante que se toma o pequeno-almoço e têm 10% de desconto nas outras refeições por serem hóspedes. Contudo, não cheguei a almoçar ou jantar lá. A senhora da recepção foi muito simpática, super profissional e vê-se que está habituada a ter a recepção cheia de gente a querer fazer check-in e check-out. E tivemos acesso a esta vista privilegiada para o mar (imagens abaixo) ao abrir a porta de uma varanda comum situada no corredor do 1º andar. No geral foi uma estadia agradável.


Viagem: Outubro 2013
Fotos: Carina Teixeira

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...