30 de dezembro de 2014

Côte d'Azur | Cannes

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

E se eu vos disser que Cannes não me entusiasmou?! Bem, acontece, não é? Não achei o sítio interessante, visualmente pouco entusiasmante. Ia com grandes expectativas mas rapidamente percebi que tudo não passava daquele imaginário que temos de Cannes, cheio de estrelas de cinema, aquela vibe de anos 60, do glamour dessa década. Mas é claro que hoje em dia já não é assim. Continua a ser um destino amplamente dirigido a pessoas de grandes posses. Para pessoas como nós é dar um passeiozinho, ir à praia, fazer uma coisa ou outra e pronto, Cannes está visto. Gostei bastante da área de Le Suquet mas a única coisa de que gostei mesmo muito foi a praia. Aliás, eu, num mundo imaginário, retirava a areia de Cannes e punha nas praias de Nice para tornar esta última uma cidade perfeita.

Como disse no post de Antibes, a visita a estes dois locais foi feita de comboio. Portanto, para chegar aqui, de Antibes até Cannes levámos apenas 10 minutos e o valor do bilhete foi 2,90€ por pessoa. E de Cannes até Nice pagámos 6,80€ por pessoa e a viagem levou uns 40 minutos porque apanhámos um comboio com muitas paragens.


Cannes, que recebe anualmente o conhecido Festival de Cinema, em tempos foi uma pequena aldeia, condição esta até ao século XIX. Entretanto, foi-se tornando num local turístico da aristocracia francesa e de estrangeiros endinheirados que lá passavam (e passam) as suas férias. Contudo, o seu passado não foi fácil, principalmente para a suas gentes que viveram duros séculos na pobreza, trabalhando arduamente com campo e no mar. Mas voltado ainda mais atrás no tempo, sabe-se que os primeiros habitantes desta terra foram os Ligúrios, que se fixaram no Le Suquet construindo um forte que lhes conferia alguma segurança e vigilância.

Bem, e nós conhecemos a cidade à 'boleia' do Le Petit Train du Cinéma e escolhemos fazer a tour completa, a Big Tour, por 10€ cada pessoa. A viagem dura 1h e tem uma paragem de 10 minutos para admirarmos a vista lá do alto de Le Suquet. A cidade pode-se fazer perfeitamente a pé mas, para quem quer poupar quilómetros nas perninhas para os dias que se seguem, esta é uma forma bastante cómoda de o fazer.

E o que conhecer? Aqui vai: Palais de Festivals; a Promenade de la Croisette onde se encontram as praias e podemos ir vendo os hotéis de prestígio como, o Hôtel Majestic, Hotel Carlton e o Hotel Martinez; perto da Rue d'Antibes - repleta de lojas - podemos encontrar a Église Notre-Dame de Bon Voyage; no Marché Forville podemos encontrar os produtos típicos da região; a cidade medieval de Le Suquet tem uma vista bonita sobre Cannes e logo ali está a Chapelle Sainte-Anne onde se encontra o Musée de la Castre. Para adicionar a esta visita, ainda podemos conhecer a Plage du Midi e o Casino de Palm Beach.



VER TODA A VIAGEM À CÔTE D'AZUR


Viagem: Outubro 2014
Fotos: Carina Teixeira

1 comentário:

  1. Mais um excelente roteiro, na primeira pessoa, com imagens maravilhosas.
    Os meus votos de um Ano de 2015 pleno de coisas boas e muitas viagens.
    Também nós beneficiaremos disso.

    Beijinhos

    :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...